Outros produtos

Configurar as definições da Prevenção de Intrusões

A Prevenção de intrusões protege contra ataques quando estiver online. Verifica o tráfego de rede à procura de assinaturas de ataque, como ameaças sociais e ataques de saída, que identificam tentativas de exploração de vulnerabilidades no seu sistema operativo ou em algum programa que utilize. Para mantê-lo seguro, a Prevenção de Intrusões descarta pacotes de computadores que tentam enviar dados com assinaturas de ataque conhecidas. Bloqueia a ligação a esses computadores.

Por predefinição, a Prevenção de Intrusões está ativada. Deve estar ativada para que seja possível personalizar as configurações abaixo.

Quando desativa a Prevenção de Intrusões, o computador não fica bem protegido de ameaças da Internet e riscos de segurança.

Configurar o tempo durante o qual o AutoBlock interrompe as ligações de computadores que estejam a atacar

O AutoBlock interrompe as ligações a computadores que enviam dados com assinaturas de ataque conhecidas, mesmo se alguns dados não forem maliciosos. Por predefinição, bloqueia a ligação de computadores que estejam a atacar durante 30 minutos.

Configurar o tempo durante o qual o AutoBlock interrompe as ligações aos computadores que estejam a atacar.

  1. Abra o seu produto Norton Device Security.

    Se for apresentada a janela O Meu Norton, ao lado de Segurança do Dispositivo, clique em Abrir.

  2. Na janela principal do produto Norton, clique em Definições.

  3. Na janela Definições, clique em Firewall ou em Rede.

  4. Clique no separador Proteção de Intrusões e Browser.

  5. Em Prevenção de Intrusões, na linha AutoBlock de Intrusão, clique em Configurar.

  6. Na janela AutoBlock de Intrusão, na lista pendente, selecione o tempo durante o qual pretende bloquear computadores que estejam a atacar e clique em OK.

  7. Na janela Definições, clique em Fechar.

Excluir uma assinatura de ataque da monitorização

A Prevenção de Intrusões usa uma extensa lista de assinaturas de ataque para detetar e bloquear atividade suspeita na rede. Em alguns casos, a atividade benigna na rede pode ser identificada como suspeita, pois tem uma assinatura de ataque parecida. Se receber notificações sobre um possível ataque e souber que a assinatura que aciona as notificações é segura, poderá criar uma exclusão para essa assinatura.
Para obter mais informações sobre os ataques que a Prevenção de Intrusões bloqueia, aceda ao seguinte URL:
https://www.broadcom.com/support/security-center/attacksignatures

Excluir uma assinatura de ataque da monitorização.

  1. Abra o seu produto Norton Device Security.

    Se for apresentada a janela O Meu Norton, ao lado de Segurança do Dispositivo, clique em Abrir.

  2. Na janela principal do produto Norton, clique em Definições.

  3. Na janela Definições, clique em Firewall ou em Rede.

  4. Clique no separador Proteção de Intrusões e Browser.

  5. Em Prevenção de Intrusões, na linha Assinaturas de Intrusão, clique em Configurar.

  6. Na janela Assinaturas de intrusão, desmarque as assinaturas de ataque que pretende excluir e, em seguida, clique em OK.

  7. Na janela Definições, clique em Fechar.

Remover dispositivos fidedignos da lista de exclusões da Prevenção de Intrusões

Pode excluir dispositivos fidedignos das análises da Prevenção de Intrusões para reduzir o tempo da análise. Se tiver a certeza de que o dispositivo que está na rede é seguro, poderá alterar o nível de fidedignidade para Fidedignidade Total e selecionar a opção Excluir da análise de IPS para excluí-lo das análises da Prevenção de Intrusões.

Remover dispositivos fidedignos da lista de exclusões da Prevenção de Intrusões

  1. Abra o seu produto Norton Device Security.

    Se for apresentada a janela O Meu Norton, ao lado de Segurança do Dispositivo, clique em Abrir.

  2. Na janela principal do produto Norton, clique em Definições.

  3. Na janela Definições, clique em Firewall.

  4. Clique no separador Proteção de Intrusões e Browser.

  5. Em Prevenção de Intrusões, na linha Lista de Exclusões, clique em Limpar.

  6. Na caixa de diálogo de confirmação, clique em Sim.

  7. Na janela Definições, clique em Fechar.

Excluir um URL ou domínio da monitorização

A ativação da funcionalidade Monitorização de URL de Aplicações permite que o seu produto Norton monitorize todas as aplicações instaladas no computador e bloqueie o acesso de Web sites maliciosos ao mesmo.
A Prevenção de Intrusões usa uma extensa lista de assinaturas de ataque para detetar e bloquear Web sites suspeitos. Alguns Web sites benignos podem ser identificados como suspeitos por terem uma assinatura de ataque parecida. Se receber notificações acerca de um possível ataque e souber que o Web site ou domínio que aciona essas notificações é seguro, pode excluir a assinatura da monitorização.

Excluir um URL ou domínio da notificação de alerta

  1. Na notificação de alerta, clique em Ver Detalhes.

  2. Na janela Histórico de Segurança - Detalhes Avançados, clique em Desbloquear URL.

Excluir um URL ou domínio através do produto Norton

  1. Abra o seu produto Norton Device Security.

    Se for apresentada a janela O Meu Norton, ao lado de Segurança do Dispositivo, clique em Abrir.

  2. Na janela principal do produto Norton, clique em Definições.

  3. Na janela Definições, clique em Firewall ou em Rede.

  4. Clique no separador Proteção de Intrusões e Browser.

  5. Em Prevenção de Intrusões, na linha Monitorização de URL de Aplicações, clique em Configurar.

  6. Clique no botão Adicionar e introduza o URL ou o nome do domínio que pretende excluir da monitorização.

  7. Para editar ou remover um URL ou domínio:

    • Selecione o URL ou domínio na lista e clique no botão Editar. Altere o URL ou o nome do domínio.

    • Selecione o URL ou o nome do domínio que pretende remover e clique no botão Remover.

Precisa de mais ajuda?

A solução facilitou a resolução do meu problema.

Sim Não

Ajude-nos a melhorar esta solução.

Obrigado por nos ajudar a melhorar esta experiência.

O que pretende fazer agora?

Procure soluções ou Contacte-nos.

DOCID: v15471442
Sistema Operativo: Windows
Última modificação: 02/11/2021